Complexo Multifuncional, Av. da Consolação – São Paulo,SP

Complexo Multifuncional Av. da Consolação

Em um terreno com cerca de 8200 m2 em uma das mais conhecidas avenidas de São Paulo a Av. Consolação com acesso, também, a Rua Bela Cintra, a proposta deste estudo de projeto era a criação de um espaço multifuncional formado por um Teatro e espaço de Convenções, um Hote/Flat , um edifício Comercial e um edifício Residêncial...
Embora, fosse um trabalho acadêmico da disciplina de Projetos de Arquitetura Urbana na pós graduação da FAU USP, o exercício foi capaz de validar a busca por uma metodologia de projeto integrativa, multidisciplinar e holística....

Análise macro e micro…

A dimensão deste projeto abrangia desde a escala urbana da cidade e do bairro até a escala do edifício, do pedestre e dos usuários do mesmo...
Entender os fluxos da cidade ao longo das vias e pelo terreno, bem como realizar uma leitura dos bairros adjacentes e do entorno foi fundamental. Assim como, compreender, também, a vocação natural do terreno, quanto aos aspectos solares, topografia, formato e sua relação com as calçadas e acessos...

Abordagens Integrativa e “design holístico”

A quantidade de estudos, levantamentos de dados e análises é tão abrangente que muitas vezes acabamos por acreditar que não é possível amarrar todo o conjunto e gerar uma solução...
Entretanto, quando conseguimos ir construindo e desenvolvendo todos os aspectos envolvidos, ao mesmo tempo em que vamos criando e embasando conceitos centrais capazes de gerar "intenções" para o projeto, em determinado ponto, surge como resposta, quase que naturalmente, o que chamo de "desenho holístico" capaz de amarrar e ordenar todo este processo...e este foi o desafio.

Proposta final…

A proposta final para o conjunto multifuncional utilizou o terreno como uma interligação pública entre as duas ruas, formando um "boulevard" que ao mesmo tempo que distribui os acessos para os diversos edifícios, convida o pedestre a circular por uma galeria de lojas...
O Teatro e o hotel foram posicionados mais próximos a consolação facilitando o acesso via transporte público e o fluxo maior de carros, ao mesmo tempo que dialogam com o entorno de uma grande avenida de interligação de São Paulo.
O edifício residencial e o comercial foram dispostos voltados para a Rua Bela Cintra, cuja característica é mais tranquila e com uma escala mais próxima do morador...
Ao longo do espaço de transição entre as ruas, encontram-se os acessos ao flat, cujo edifício é contínuo ao hotel e ao espaço de convenção. Através do desnível entre as ruas, vencido por uma grande escada rolante central, de maneira quase que natural, se estabeleceu uma galeria de lojas que se estendem através de um terraço que se estende margeando o hotel/flat até formar um mirante de frente para a Av. Consolação...
Desta forma, espaços públicos e privados se entrelaçam com harmonia e a volumetria dos edifícios conduzem os pedestres através de uma grande rua interna que como um grande calçadão de interligação cria toda uma escala mais humana para os pedestres e para a cidade...

Estudo da volumetria…

Sintese criativa

Conclusão

Embora, se tratasse de um exercício acadêmico a nível de pós graduação, tive grande satisfação em perceber que minha busca pessoal pelo desenvolvimento de uma metodologia embasada em um processo de design criativo holístico foi capaz de responder a mais esta demanda complexa.

Não poderia deixar de agradecer aos Profs Adilson Macedo, Joaquim Guedes e Dario Montesano que acompanharam o mesmo.

***“Sempre mantendo intenção de vincular a configuração arquitetônica a contextos espaciais, culturais e históricos imediatos, e fiel, ainda, a uma linguagem que se resume a formas simples, condensadas, Glauco Campello define a boa Arquitetura como a criação num determinado contexto – “ um lugar no lugar”. O Objeto Arquitetônico deve despontar, portanto, com naturalidade não só em relação à paisagem, mas “às inspirações culturais sugeridas pelo ambiente”. Um difícil “exercício da arte do entorno” , como reconhece o Urbanista Gordon Cullen sobre as questões de preservação da harmonia visual e do significado cultural das cidades.

***Transcrito do Texto “ Desenhando um lugar” – Glauco Campello – revista AU n. 24

Autoria do Projeto

WESTMANN, Arq. Flavio Erwin . Estudo para uma Intervenção Imobiliária Multifuncional na Av. da Consolação, SP.